Poesias

crianças

Ione Grillo


Onde estão minhas crianças?
Brincando de esconde-esconde
Nas caixinhas da lembrança...
Procuro uma aqui
Outra ali
Encontro uma acolá
Na galho de uma arvore
Sem medo
Descobrir o desconhecido
Comer uma fruta escondido
Olhem só!
No sótão morrendo de medo
Entre sombras e segredos...
Cabelos soltos ao vento
Cavalo batendo os cascos
E o coração aos saltos
Onde estão minhas crianças?
Nos devaneios da lembrança
Serão elas verdadeiras?
Da memória brincadeira?
Não importa...
Nas portas da lembrança
Vou buscando minhas crianças
Criança eu vou ser
Até quando morrer...


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "202711" no campo.