Poesias

videiras de papel

Ione Grillo


Videiras de Papel
Não tenho terras para lavrar
não tenho conhecimento para plantar
cultivar... colher...
Tenho curiosidade de ver
acompanhar, ver crescer. ..
Tenho o sol, tenho a chuva
Tenho ideias grandes, miúdas
mas onde vou colocar a semente?
Penso, medito, reflito...
Vou colocar tudo nas minhas lentes
Galhos, flores, frutos, sementes
Vou observar a chuva
O sol, a geada, o vento
A velocidade da luz
ISO 100, 400, 3000
Flash, foco, cor, foto
Vou observar o céu
O vento o tempo
Vou plantar fotografias
Vou colher videiras de papel...


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "071411" no campo.