Poesias

Pespontos

Ione Grillo


A insônia dedilha acordes de sonhos
Enquanto as lágrimas aquecem o cobertor.
Os cabelos sentem o cheiro
da brisa que matiza os tons do silêncio
enquanto o grilo canta a canção que sabe de cor
Nas reticencias da Ilusão conta as horas
Enquanto a esperança apaga as vírgulas da dor


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "295904" no campo.